Com Clayson entre os titulares, Corinthians estreia na Florida Cup nesta quarta-feira

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Corinthians está nos Estados Unidos para a disputa da Florida Cup. A estreia será nesta quarta-feira, às 22 horas (horário de Brasília), em Orlando, contra o PSV Eindhoven, da Holanda, adversário que o time brasileiro jamais enfrentou em sua história

Para o primeiro compromisso do time no ano, o treinador Fábio Carille confirmou o botucatuense Clayson entre os titulares. Destaque no segundo turno do Brasileirão de 2017, o camisa 25 segue em alta no Corinthians, que contará com algumas novidades.

Será a estreia do lateral esquerdo Juninho Capixaba, que veio do Bahia, que tem a missão de substituir Guilherme Arana, vendido ao time espanhol Sevilla. Para a baixa do zagueiro Pablo, que não acertou a renovação do contrato, o escolhido foi Pedro Henrique, enquanto o atacante inglês naturalizado turco Kazim herdou o posto de Jô, agora atleta do time japonês Nagoya Grampus.

Outra novidade é o desenho tático do Corinthians, que será mais ofensivo em relação ao time campeão paulista e brasileiro em 2017. O técnico Fábio Carille aposta em uma equipe com Gabriel como único volante para iniciar o ano e Jadson e Rodriguinho na armação de jogadas. Assim como Romero, o botucatuense Clayson atuará aberto na ponta.

Proposta

Enquanto realiza pré-temporada nos Estados Unidos, o Corinthians sofre com o assédio em cima de Clayson, eleito revelação do Brasileirão 2017 pelo Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Segundo informações, o botucatuense está na mira de um clube da Alemanha, que prepara uma oferta de 8 milhões de euros (R$ 31,1 milhões) pelo jogador do Corinthians.

Caso a proposta se torne oficial, a equipe do Parque São Jorge terá direito a R$ 12,4 milhões, referentes aos 40% dos direitos econômicos de Clayson. Tal fatia foi adquirida da Ponte Preta em maio do ano passado por R$ 3,5 milhões – o clube também cedeu o meia Léo Arthur e o atacante Claudinho para a Ponte no negócio. O Ituano é o dono dos outros 60% do jogador nascido em Botucatu.

Edivaldo Ferraz, empresário do jogador Clayson, também está nos Estados Unidos acompanhando os trabalhos do atleta e cuidando da sua carreira. Até o momento não há nenhuma confirmação oficial sobre negociações.

 

Fonte: Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes