Cássio minimiza aumento no número de gols sofridos pelo Corinthians

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Corinthians voltou a São Paulo nesta segunda-feira, desembarcando após a derrota por 2 a 0 para o Bahia, em Salvador, no domingo. Com o revés, o Timão viu os principais adversários renovarem as esperanças na luta pelo título do Campeonato Brasileiro.

Outro fator que preocupa o Alvinegro é o fato de a equipe estar levando mais gols do que vinha sofrendo no primeiro turno, quando a equipe de Fábio Carille fez campanha espetacular, com 14 vitórias e cinco empates. Nas nove partidas do returno, foram nove tentos sofridos, média de um por jogo. Inclusive, o clube perdeu o status de melhor retaguarda da competição para o Santos.

“O campeonato vai afunilando e a verdade é que nenhuma equipe conseguiu manter o padrão. Quando éramos a melhor defesa não era só mérito da defesa e do goleiro, e agora também é a mesma coisa, somos um time”, analisou o goleiro Cássio, escolhido para falar com a imprensa no desembarque corintiano.

Apesar de mostrar tranquilidade e minimizar o aumento dos gols sofridos, o arqueiro alertou sobre a necessidade de o Timão voltar a ser mais forte defensivamente, ficando, assim, mais perto das vitórias.

“Claro que vamos trabalhar para tomar menos. Quando a gente não toma gol, está automaticamente mais perto da vitória. Vamos continuar forte e dedicado para já na quarta-feira voltar a somar os três pontos”, afirmou.

O jogo citado por Cássio é diante do Grêmio, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Itaquera. Os comandados de Carille têm nove pontos de vantagem sobre os gaúchos (58 a 49), que venceram na rodada e diminuíram a distância. Em caso de revés, a diferença cairá para seis, restando nove rodadas para o fim.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes