Brasileiro da base do Real Madrid é convidado para defender seleção dos EUA

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Chegar ao Real Madrid muito jovem é um privilégio de poucos, e não, não é de Vinícius Júnior ou Rodrygo que o blog fala. O caçula entre os garotos brasileiros que atuam no clube merengue é André Luis Queiroz Costa, ou simplesmente André Costa. Que tem apenas 16 anos, uma história de vida incomum e está no clube desde o ano passado.

Nascido em São Paulo em 2002, André mudou-se com a família para os Estados Unidos aos cinco anos e começou a jogar futebol na Florida. Em 2014, a família foi para Madri, e ele foi rapidamente aprovado em um teste no Leganés, clube da primeira divisão espanhola situado em uma cidade homônima, próxima a Madri.

Em 2017, André foi chamado para jogar um campeonato regional pela seleção de Madri e foi campeão do torneio entre as comunidades autônomas da Espanha. Era o mais novo do grupo, atuando no meio-campo. Após o torneio, vieram convites de várias equipes, e ele optou pelo Real Madrid, clube com o qual assinou contrato profissional até 2023.

Por ter morado durante nove anos nos Estados Unidos, André tem hoje a nacionalidade americana, o que fez com que a federação local procurasse a família do jogador para saber sobre o interesse dele em defender as seleções de base dos Estados Unidos. Há o interesse real da federação americana, que entrou em contato com a família do jogador recentemente. O meia manteve a nacionalidade brasileira, mas até o momento não foi convocado.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes