Brasil leva susto da Bélgica, mas confirma vitória e classificação na Liga das Nações

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Pela quinta semana da Liga das Nações, na Itália, a seleção brasileira feminina precisava de uma vitória simples sobre a Bélgica para garantir a classificação para a fase final do torneio, que começa a partir do dia 27 de julho, na China. Nesta terça-feira (12), na abertura da etapa de Eboli, o Brasil passou por 3 a 1 sob as belgas e somaram a 11ª vitória em 13 jogos. As parciais foram de 25/15, 25/14, 21/25 e 25/23.

Com o Brasil passeando nos dois primeiros sets, o jogo parecia que seria resolvido com muita facilidade pelo time de José Roberto Guimarães. Foram duas parciais esmagadoras para as brasileiras. Mas as belgas acordaram no terceiro set, e embaladas por uma incrível atuação de Britt Herbots, que anotou 22 pontos, a equipe europeia reagiu e ganhou a parcial. Já no quarto set, a Bélgica deu trabalho até certo ponto, quando Tandara reapareceu muito bem no jogo e comandou a vitória do último set.

O primeiro set foi tranquilo para o Brasil, com ótimo trabalho de Amanda, Tandara e Gabi, que concentraram a maior parte dos pontos do país. A Bélgica teve muitas dificuldades defensivamente, graças a agressividade brasileira e, além disso, errou bastante, permitindo que o placar ficasse bem elástico para o time amarelo, que venceu por 10 pontos de vantagem, por 25 a 15.

A segunda parcial começou com um equilíbrio que não durou muito tempo. Até chegarem aos 10 pontos, os times alternavam a pontuação, mas o Brasil voltou a conseguir se soltar no marcador, aproveitando os erros adversários e, comandadas por Amanda, as brasileiras tiveram um ótimo aproveitamento no ataque. Conseguindo uma diferençã ainda maior do que na primeira parcial, o Brasil fechou mais um set tranquilo, por 25 a 14.

Mais uma vez, um começo equilibrado marcou o início do set. A Bélgica conseguiu ficar na frente, com bom trabalho de Goliat e Herbots – maior pontuadora do jogo. Após rali, as belgas forçaram erro brasileiro e pareciam ter o melhor momento na partida. Mas o Brasil procurou bolas firmes para não deixar as adversárias ensaiarem uma reação, e retomaram a frente do marcador, chegando a abrir três pontos.

No entanto, a Bélgica não permitiu que as brasileiras abrissem mais uma vantagem irreversível tão cedo, e conseguiram virar o placar em cima de erros não tão comuns do time do Brasil. O set passou a ficar bem mais competitivo que os anteriores, com a Bélgica finalmente fazendo frente às brasileiras. Conseguindo ser mais eficiente no ataque, as belgas mantiveram a reação e conseguiram fechar o set, com 25 a 21.

O quarto set teve a Bélgica querendo manter o ritmo forte, em busca do empate, mas o Brasil contou com Tandara voltando a ser decisiva, convertendo boas bolas. Com o jogo equilibrado, o Brasil voltou a se encontrar e errou menos para conseguir abrir uma vantagem na metade da parcial. Explorando bem o bloqueio e os erros adversários, as brasileiras abriram boa vantagem para caminhar para a vitória.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes