Botucatu: Segredos e Bastidores – Por Haroldo Amaral

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Habitação. Nesta se­mana começa o proces­so de organização para a distribuição de 992 apartamentos que es­tão em construção na região Leste, conhecido como Nova Cachoeiri­nha. Esse projeto teve envolvimento direto do Prefeito Mário Pardini. Ele informa que devido aos cortes orçamentá­rios, Botucatu está en­tre as cidades que mais conseguiram (percentu­almente pelo tamanho da cidade) habitações do Governo Federal.

João Cury. O Secretário de Educação do Estado de São Paulo, João Cury Neto, reuniu as direto­rias de ensino das regi­ões de Jaú, Botucatu, Bauru, Avaré e Piraju em Botucatu para anunciar a liberação de R$ 4,9 mi­lhões para aplicação em reformas de escolas e investimento nas unida­des. O que poucos per­ceberam foi que os tais encontros estão sendo realizados por regionais e João Cury puxou o en­contro regional de Bau­ru para Botucatu, na úl­tima sexta-feira. Parece que o rompimento com Pedro Tobias é total.

Certo. O Sindicato dos Servidores Municipais de Botucatu dá como certa a Verocheque, empresa de gestão de cartões interessada no Vale Alimentação de 3 mil servidores Municipais e autarquias. Cada cartão tem valor de aproximada­mente R$ 650. Uma nota da entidade informa que a rede tem quatro super­mercados, confirmando algo em torno de 6,8% de repasse para o Fundo Social de Solidariedade e que aguardava a confir­mação da rede Dia.

Remédios. Muitas pesso­as estão reclamando da falta de medicamentos de alto custo fornecidos pelo Estado nas unida­des municipais de Saúde. A informação é de que estão faltando alguns medicamentos para car­díacos e para diabéticos. A Prefeitura de Botucatu informou que os medi­camentos de alto custo são de responsabilida­de do Estado e confirma que tem faltado diversos itens. A falta de diversos medicamentos aumentou devido à greve dos cami­nhoneiros. A previsão é de normalização ainda nesta semana.

Puma. Nas rodas de con­versa da cidade tem mui­ta gente questionando a confirmação de investi­mento da Puma Veículos em Botucatu. Empresá­rios que detém a tradicio­nal marca esportiva brasi­leira anunciaram a cidade como base para a produ­ção desses veículos, bar­bar­cos e bicicletas na região do Parque de Bioproces­sos. As pessoas questio­nam que nada mudou na região da futura fábrica até agora, em termos de obras.

Vitoriana. O Grupo Papa Trilhas está lançando um folheto informativo so­bre a história de Vitoria­na, destacando a partici­pação de Conde de Serra Negra na atividade de produção de café, no pe­ríodo imperial, e as per­sonalidades que viveram naquele que foi, até me­ados do século passado, um dos distritos de maior desenvolvimento de Bo­tucatu. A estagnação co­meçou quando foi tirado o ramal da ferrovia. “A História de Vitoriana” poderá ser encontrada com os caminhantes do Papa Trilhas.

Rubião. Moradores de Rubião também poderão recorrer a sua história através do livro “Maria Dalaqua Borgatto”, publi­cação que conta a histó­ria da matriarca da famí­lia Borgatto, conhecida pelo trabalho na área de construção civil e imobi­liária da cidade. O livro foi escrito por Eduardo Moraes, atualmente resi­dindo em Campinas, mas “filho de Rubião Junior”, como cita o servidor e historiador do distrito, Ademir Lopes Dionísio.

Fonte: Jornal Leia Notícias Por Haroldo Amaral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes