Artigo: Reconectando… com a Natureza! – Por Cynthia Zanotto

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Caminhar na mata, na beira de um riachinho, sentir o frescor doar puro, sentir as plantas agradecidas pela chuva, só carregando uma garrafinha de água, sem celular,sem Whatsapp e etc., desligar completamente das telinhas e telonas só por um fim de semana.

Que tal?Você já sonhou o seu fim de semana? Eu estou programando uma  caminhada lá pelas matas próximas as Três Pedras. Contemplara paisagem, de uma bela cênica ímpar, fruto do trabalho das forças da natureza durante muitos milhões de anos, agora nos oferecido sem nenhum custo, é só estarmos presentes e observarmos.

Caminhar, seja subindo até o topo da primeira das Três Pedras,seja caminhar na mata próxima,descobrindo ou a paisagem de um ponto de vista que dá toda a amplitude (no topo da Pedra) ou dentro da mata descobrindo as plantas, flores, cheiros, pássaros- me faz muito bem!!! Carrego a minha bateria.

No Japão, nos grandes centros,com alta tecnologia, cientistas,estão recomendando os “Banhos de Floresta” no combate ao stress.Aqui é tão fácil entrar na mata e sentir a temperatura, andar descalça para sentir a umidade da terra,a maciez ou espinhozinhos.

Ouvir pássaros e animais. Deliciar-me com a beleza das flores, frutos e sementes. Literalmente vou tomar mais um banho de floresta, desplugada do celular, estimulando meus sentidos, respirando o nosso ar puro. Relaxando! Realmente, Botucatu e toda sua bio-região é privilegiada por belíssimas vistas cênicas. Como fomos agraciados com o Gigante Adormecido, as Três Pedras, a Pedra do Índio!

A possibilidade das vistas com ampla perspectiva me inspiram na vida cotidiana – a me abrir e ter o olhar abrangente! Como essa paisagem é composta, quanta diversidade ela contém e como posso incorporar na minha vida cotidiana esta diversidade e apreciação.

Surgem as perguntas: – Até que ponto você pensa que a falsa separação entre a natureza e cultura sabota nossos esforços para protegera biodiversidade? E porque você pensa que precisamos não apenas criar reservas naturais mas também nos engajar na agricultura regenerativa, agroflorestal e cuidar da biodiversidade em nossas cidades e jardins?

Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 15: Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas,combater a desertificação, de ter e reverter a degradação da terra e deter a perda da biodiversidade.Seguimos caminhando com Alegria!

*Cynthia Zanotto é Jardineira, educadora,Gaia Education Certified Trainer,Engenheira agrônoma pela FCA – UNESPBotucatu, pós-graduada em Pedagogiada Cooperação e MetodologiasColaborativas pela UNIBR.

Fonte: Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes