Artigo: Principado de Mônaco – Por Lilian Inácio

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma região muito pequena, com 1,95km2, na costa do Mediterrâneo, é o segundo menor país do mundo, ficando atrás do Vaticano, com 32 mil habitantes.

Monte Carlo é a maior das pequenas cidades, mas a capital fica em Monaco-Ville. O principado é governado pela famosa família Grimaldi. A badalação da casa real começou com atriz Grace Kelly, que deixou o cinema e virou princesa ao casar-se com o príncipe Rainier III, que governou de 1949 até 2005, quando faleceu.

Outra personalidade conhecida como “príncipe de Mônaco” para nós brasileiros era Ayrton Senna, pelas suas seis vitórias no GP de Fórmula 1, principalmente pela sua atuação em 1984 com muita chuva e tendo largado em 13º.

Mônaco exala luxo, dinheiro, fama, poder. Tornou-se um balneário de milionários que buscam não só diversão nas praias e cassinos, mas também isenção fiscal. Caminhar pelas ruas inclinadas do local pode deixar qualquer turista por mais bem vestido que esteja se sentindo um maltrapilho, visto que as pessoas andam de Porshe Carrera ou carros melhores e mais caros.

A Cote d’Azur é uma linda região de belas praias da França, onde fica Monaco, Nice e Cannes. Recomendo uma visita entre junho e setembro, verão europeu.

Atrações: Cassino de Monte Carlo – A principal atração do local foi construída em 1863 e projetada pelo arquiteto Charles Garnier, o mesmo da ópera de Paris. Palais du Prince – Palácio do principado com troca de guarda. Musée Oceanographique – com 90 tanques, é um dos maiores aquários da Europa. Cathédrale de Mônaco – não tem nada de especial a não ser o túmulo da princesa Grace. Jardin Exotique – Linda vista de Mônaco.

Comes & Bebes: Um prato famoso é o Stocafi (bacalhau com molho de tomate e especiarias regionais). O molho monegasco tem como base tomate, queijo, anchovas, azeitonas e especiarias. Essa região é conhecida como a capital mundial do vinho rose (88% da produção desta região é rosé), que harmonizam muito bem com os pratos típicos da região

Destaque para os vinhos Château de Pibarnon Rouge e Château Simone Rosé.

* Lilian Inácio é Arquiteta formada na UNESP, empresária do MKT, consultora de viagens, viajante por hobby desde 2007, visitou mais de 200 lugares diferentes em 03 continentes

Fonte: Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes