Com familiares em Botucatu, veterinária é assassinada pelo marido em Suzano

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma veterinária de 43 anos foi assassinada enquanto tomava banho em casa, no bairro Cidade Boa Vista Itapevi, em Suzano, na noite de domingo (10) . O marido dela, também veterinário, de 44 anos, foi achado morto no quintal.

A vítima, Telma Galhardo, tem diversos familiares que residem em Botucatu. Nas redes sociais, o clima é de revolta pela perda tão violenta.

De acordo com a polícia, os indícios apontam que ele se enforcou depois de matá-la. Ainda segundo o boletim de ocorrência, a filha da vítima, de 8 anos, presenciou os disparos e fugiu. Testemunhas contaram que os dois estavam em processo de separação e que brigavam por causa da divisão dos bens.

Um vizinho chamou a polícia militar ao ouvir sons que pareciam de disparos de arma. Quando os policiais chegaram, ainda ouviram disparos, de acordo com o boletim de ocorrência. Eles chamaram e, como ninguém abriu a porta, entraram.

Os policiais militares afirmaram ter encontrado Telma Adriana Garlhado caída no banheiro. Ela estava tomando banho quando foi atingida. Segundo a polícia, a mulher tinha lesões no crânio e duas perfurações no lado esquerdo do peito, que pareciam ser resultado de disparos de arma de grosso calibre. Os policiais ainda encontram no banheiro um estojo de calibre 12 e um projétil que parecia ser de uma arma de pequeno porte.

Já nos fundos do imóvel, de acordo com a polícia, havia um cartucho de calibre 12 no gramado às margens da piscina. O veterinário Walter Wilians Moreno, de 44 anos, foi achado morto, com sinais de enforcamento, na área de lazer coberta.

Com Informações G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes