Botucatu: Exposição sobre Inezita Barroso entra em sua última semana no MuHP

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A exposição “Lampião de gás, Bilboquê e Diabolô” entra em sua última semana no Museu Histórico e Pedagógico “Francisco Blasi”. Interessados em conhecer os objetos que pertenceram a cantora e apresentadora Inezita Barroso podem visitar a mostra até o próximo sábado, 16.

Estão disponíveis objetos pessoais da apresentadora, como o lampião de gás original, que inspirou a composição da música, e vídeos que permitem conhecer a biografia de Inezita e relembrar momentos marcantes de sua carreira. A mostra também tem em seu acervo o violão original que pertenceu a Angelino de Oliveira, compositor de “Tristezas do Jeca”.

A exposição, montada com itens que foram doados pelo amigo da artista, Ramiro Viola, e com outros cedidos por empréstimo de colaboradores e amigos da cantora, permaneceu oito meses em cartaz e agora circulará em outros museus da região.

Inezita Barroso é considerada uma das principais cantoras da música sertaneja brasileira. É reconhecida como a mais antiga e mais importante expressão artística da música caipira no País. Ela nasceu em São Paulo e fez carreira no rádio e na televisão, além de passagens pelo cinema e teatro, onde atuou e produziu espetáculos musicais.

Exposição “Lampião de gás, Bilboquê e Diabolô”

Horário: Segunda a quinta-feira: das 9 às 18 horas; sexta-feira: das 9 às 20 horas; e sábados: das 9 às 17 horas.

Local: Museu Histórico e Pedagógico (Avenida Dom Lúcio, 755).

Classificação: Livre

Entrada franca

& nbsp;

Fonte: Prefeitura de Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes