Atropelador de criança se entrega á Polícia depois de um mês foragido em Botucatu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Considerado foragido da justiça Flávio de Souza Mendonça, de 37 anos, se entregou a polícia nesta semana em Três Lagoas. Ele é autor de um atropelamento que  teve como vítima a pequena Melina Pereira de 3 anos, ela teve de amputar uma das pernas devido a gravidade dos ferimentos.

Flávio que estava há mais de 30 dias sendo procurado pela justiça, se apresentou com uma advogada na 3° Delegacia de Polícia Civil do município e alegou que não havia aparecido antes, pois estava sendo ameaçado. Ele ficou escondido na casa de familiares em Botucatu.

Informações constam que ele estava ciente sobre o mandado de prisão. Após a apresentação ele foi encaminhado a Penitenciária de Segurança Média, onde permanecerá a disposição da justiça.

Relembre o caso

No dia 04 de março de 2018, Melina foi atropelada por um veículo Cross Fox enquanto brincava com outras crianças na calçada de sua residência, localizada no bairro Vila Haro, em Três Lagoas.Com o impacto da batida a vítima foi arrastada e prensada sobre o muro, sofrendo lesões pelo corpo, sendo a mais grave, em uma das pernas.Testemunhas acionaram Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que auxiliaram a criança no resgate e durante o percurso até o Hospital Auxiliadora, onde foi encaminhada de imediato.Depois de constatada a gravidade dos ferimentos a família foi avisada sobre o procedimento de amputação e a necessidade de transferência para a cidade de Campo Grande –MS, por meio de uma UTI móvel.

O autor do acidente 

O Promotor de Justiça da 8ª Promotoria de Três Lagoas, Luciano Anechini Lara Leite requereu no dia 7 de março, o mandado de prisão contra Flávio Santos Mendonça de 23 anos, e a 3ª Vara Criminal de Três Lagoas expediu o documento.

Na manhã do dia 8 de março, uma equipe da Força Tática da Polícia Militar de Três Lagoas foi até a residência localizada no bairro Vila Alegre para cumprir o mandado de prisão preventiva, mas Flávio Santos não foi encontrado.

Os familiares disseram que o homem estava muito abalado com o acidente e teria viajado para a cidade de Botucatu/SP distante a 432 quilômetros de Três Lagoas. Com isso o auxiliar de escritório passou a ser considerado foragido da Justiça.

Fonte: Patrulha News

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes